Saiba mais! Dimensionamento para Compressores de ar: Qual correto para minha aplicação?

Sabemos que existem muitas duvidas em relação ao dimensionamento de aplicação para o tipo de compressor, o que resulta em erros na hora da compra e utilização. Isso nos motivou a abordar o tema e mostrar uma formula rápida e prática com objetivo de informar e ajudar a fazer o dimensionamento correto.
O dimensionamento deve ser feito para calcular a pressão e vazão de trabalho, e identificar o que o usuário irá precisar, é importante definir antes de fazer o dimensionamento qual o “consumo” que máquina irá precisar.

Assim o usuário evita de adquirir o produto errado para sua necessidade, evitando uma “super dor de cabeça” e custos desnecessários.

Segue abaixo os passos do cálculo:

  1. Soma-se o consumo das máquinas ou das ferramentas pneumáticas (consulte a informação técnica do seu produto – manual);
  2. Divide-se o total por 2 (0,5) intermitência;
  3. Divide-se o total por 0,75 (que é o fator de eficiência do compressor);
  4. Identificando-se o modelo do compressor correspondente pela leitura dos prefixos escolhendo-se o modelo da capacidade imediatamente superior.

 

Veja o exemplo:

Compressor de ar para acionar as máquinas abaixo:

01-Propulsora pneumática (por saída)       8 pcm

01-Retífica pneu 3/8”                                    14 pcm

01-Elevador lava auto 7 Ton.                       12 pcm

01-Calibrador de pneu                                  2 pcm

01-Bico para pulverizar                                10 pcm

01-Pistola de alta produção (APL-1)          12 pcm

Total:  58 pcm

Dividir o total de 58 pcm pela intermitência 2 (0,5) = 29 pcm

Dividir 29 pcm pelo fator de eficiência 0,75 = 38 pcm.

O compressor de ar indicado é o de capacidade superior, ou seja, o compressor de ar
modelo CJ 40 AP3V/ 425 Litros – 175 Libras ou 40 + APV/ 360 Litros – 175 Libras

 

Exemplos abaixo da máquina correta

Importante:

Para ferramentas com uso contínuo o valor pcm requerido, não deverá ser dividido
pela intermitência, uma vez que ela não existirá. Portanto deverá ser feita duas somas distintas
(“máquinas de uso contínuo”, “máquinas de uso intermitente”).
Fizemos um post sobre qual a diferença entre um regime e outro clique aqui
http://www.chiaperini.com.br/diferenca-entre-regime-intermitente-e-continuo/

Segue abaixo uma tabela de consumo das pneumáticas que vai te ajudar a fazer o
calculo de maneira correta.

 

Ficou alguma dúvida, ou caso você tem alguma pergunta a respeito, entre em contato com a nossa assistência técnica através do telefone ou e-mail, estamos à disposição!

(16) 3954-9400 ramal 2                    astecnica@chiaperini.com.br

 

 

#chiaperini
#chiaperini30anos
#chiaperinicompressor
#chiaperinimotocompressor
#chiaperinipneumaticas
#chiperiniferramentas
#chiaperiniodontologicos

 

Saiba mais! Dimensionamento para Compressores de ar: Qual correto para minha aplicação?